Guião . Comentários de Alunos . Bibliografia

 

Guião Para a Leitura da Obra de Platão intitulada Apologia de Sócrates

A Morte de Sócrates. Quadro de David, concluído em 1787

Deve ler a obra tendo em consideração os seguintes pontos do guião e as tarefas propostas no mesmo.

1ª. Parte - Discurso de defesa de Sócrates no tribunal ateniense

 

1.1.Considerações prévias - verdade versus persuasão
1.2.Plano de defesa:
1.2.1.Respostas às antigas acusações -Conteúdo das antigas acusações e respectivos acusadores.
1.2.1.2.Diferença entre Sócrates e os Sofistas
1.2.1.3.Relação entre a prática filosófica, as acusações e o "oráculo de Delfos";

1.2.1.4.Sócrates e o "oráculo de Delfos":

- inquérito aos políticos,

-aos poetas

-e aos artífices

-consequência do inquérito- atribuição de um significado ao "oráculo de Delfos" e o elogio da "douta ignorância".

- hierarquia dos saberes e dos sujeitos

1.3.2.Resposta às acusações recentes- Conteúdo das recentes acusações e respectivos acusadores.

1.3.2.1.O diálogo e o método socrático

-ironia como condição de pesquisa ou investigação (função gnosiológica da ironia)- interrogatório a Meleto.

-a recusa da subordinação ao ensino e a função filosófica do mestre (maiêutica)

1.3.2.2.A justiça como valor fundamental da vida:

- a filosofia e a justiça (o sentido ético da filosofia)

- a missão filosófica- destino ou tragédia de Sócrates- o sentido divino da missão socrática - a "sacralidade" do compromisso filosófico.

- a virtude e o conhecimento como orientação para o bem (nada de mal pode acontecer a um homem de bem)

- o filósofo e a comunidade- recurso a uma metáfora

- o imperativo da consciência moral ou o "daimon"

- Oposição entre filósofo e político.

1.3.3.Conclusão e defesa

- recusa da súplica, por esta significar a expressão do sentimento

- defesa da justiça como expressão racional da lei

2ª. Parte - Os Juízes deliberam: Sócrates é condenado à morte por uma pequena margem de votos a favor e tem o direito a propor uma pena de morte

 

2.1.Sócrates assume a responsabilidade pelo que fez
2.2.Sócrates propôe uma pena
2.3.Rejeita o exílio e a possibilidade de viver sem filosofar destacando a importância da sua missão filosófica em Atenas

 

3ª. Parte- Discurso final de Sócrates, depois da condenação à morte

 

3.1.O significado da condenação de Sócrates para ele próprio e o juízes
3.2.Mensagem aos que o condenaram
3.3.Mensagem aos que o absolveram
3.4.Discurso acerca da morte
3.5.Último pedido de Sócrates

Regras para a realização dos trabalhos:

1. Apresenta, à frente da cada ponto do guião, as cotas que correspondem a cada assunto referido;

2.Apresenta pequenas sínteses de cada ponto do guião de leitura

3.Cita algumas frases expressivas da autonomia, universalidade e radicalidade da filosofia socrática. Justifica a escolha.

4.Elabora um texto explicitando o objecto, o método e o objectivo da missão filosófica de Sócrates..

Guião elaborado pelo Grupo de Filosofia da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Lisboa

Petrópolis-Lisboa .  Antigo Programa do 10ª. Ano .  Testes de Filosofia

Navegando na Filosofia